Intercâmbio e trabalho em Portugal: o que você precisa saber?

Queres buscar intercâmbio e trabalho em Portugal, oh pá? Apesar de algumas diferenças, o idioma pode até não ser um grande para quem quer buscar experiências nas terras de Cabral. Universidades mais antigas até mesmo que o descobrimento do Brasil já reconhecem e aceitam nossos estudantes, considerando inclusive as notas do ENEM para sua admissão

Para garantir o dindin para apreciar um bom vinho do Porto e degustar vários pasteizinhos de Belém, o trabalho também é uma boa alternativa. Mas, assim como cruzar o Atlântico com três caravelas, o intercâmbio com trabalho em Portugal exige algumas medidas importantes. 

Como pedir autorização para um intercâmbio e trabalho em Portugal?

A primeira regra, depois de pisar em terras lusitanas e encontrar uma oportunidade de trabalho, é pedir autorização no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF). O SEF é responsável por transformar o seu visto de estudante em visto de trabalho. 

Para conseguir essa autorização, contudo, o requisito é simples. O trabalho não pode atrapalhar os seus estudos e os estudos não podem prejudicar o seu trabalho. O SEF pede, além da sua documentação, os seus horários de trabalho e o cronograma estudantil.

Muita informação? Sim. Mas pense nas vantagens de viver e trabalhar em um país como Portugal, reviver, no Velho Mundo, histórias que, de algum modo, também fazem muito parte de nossa história. 

Pode se despreocupar. O Dicas de Intercâmbio é expert em intercâmbios e vai te orientar a respeito da melhor maneira de estudar e trabalhar na terra dos nossos irmãos portugueses. 

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

× Precisa dos nossos serviços? Chama no Whats!