5 dicas para começar a planejar seu intercâmbio hoje!

Planejar seu intercâmbio é uma das etapas essenciais para que sua experiência internacional seja um sucesso! Há quem diga que intercâmbio é coisa de gente jovem e rica. Isso nem chega perto de ser verdade.

Mesmo com uma economia instável, é possível viver uma experiência internacional, aprender um novo idioma e conhecer novas culturas.

Vamos conferir algumas dicas para começar a planejar um intercâmbio?

1. Defina o que você busca no intercâmbio

Por mais que já estejam planejando seu intercâmbio, muitos não sabem o que pretendem alcançar com essa experiência. Alguns são motivados pela opinião de amigos, outros pelos atrativos culturais do país. 

Antes de tudo isso, você precisa definir se o objetivo do seu intercâmbio será para aprender um novo idioma, adquirir nova formação, trabalhar ou conhecer uma cultura específica. Importante também definir quanto tempo você pretende investir nessa empreitada!

É a partir daí que se inicia a definição do destino. 

2. Escolha um destino que se adequa ao seu perfil

O segundo passo é aliar o objetivo do seu intercâmbio ao que você é. Por exemplo, você é fã de Senhor dos Anéis e quer aprender inglês, talvez um período na Nova Zelândia mude a sua vida. Se as praias são seu forte, não precisa nem sair da Oceania, a Austrália é um dos destinos mais buscados pelos intercambistas.

Contudo, se você quer aprender e em meio a histórias de grandes reinos medievais, talvez o intercâmbio ideal para você esteja na Europa.

3. Planeje o orçamento do seu intercâmbio

Realmente, um intercambista motivado pode ir a qualquer canto do mundo. Tendo isso e o formato e destino da sua vivência internacional definidos, é hora de começar a pensar no impacto financeiro da sua viagem. 

Faça uma planilha e insira todos os gastos, de cursos, hospedagem, alimentação, traslados, passeios e ainda pense em uma reserva. E é importante fazer esse cálculo a partir da moeda do destino que você irá ficar, para que o seu planejamento não fique à mercê das variações do câmbio.

Também é fundamental, sempre que possível, comprar um pouco da moeda corrente no país de destino. Para isso, acompanhe as cotações de cada moeda e, quando seu valor abaixar, compre e guarde.

Contudo, se você for sair do país com mais de R$ 10 mil (ou o valor equivalente em outra moeda)  em espécie, precisa declarar esse valor. 

4. Verifique a documentação necessária para o intercâmbio

Cada país tem uma regra diferente de entrada em seu território. O passaporte, se você não tiver, e a emissão do visto podem levar algum tempo.

Portanto, na hora de planejar seu intercâmbio, é bom saber tudo o que você precisa já no início do seu planejamento, para evitar uma correria e até adiar a sua viagem se algum documento não ficar pronto a tempo. Para começar, a Polícia Federal mostra como fazer para emitir o seu passaporte.  

5. Na hora de planejar seu intercâmbio, escolha uma empresa responsável

Tem muita coisa para se preocupar, não é? Realmente, são muitos detalhes para que tudo seja perfeito.

A boa notícia é que no Dicas de Intercâmbio você pode ter um planejamento personalizado, de orientações sobre como economizar à escolha da melhor escola para sua qualificação.

Nos chame no Whats, a gente pode ajudar a transformar seu sonho em realidade.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

× Precisa dos nossos serviços? Chama no Whats!